Overkill #22 – Compositores Ocidentais VS Orientais (16 Bit)

Salve, chapas! Nesta segunda-feira, Erick Seika, Mateus Lima e o convidado Thiago Adamo, o PxlDJ se debruçam sobre a era 16-bit pra descobrir quem ditava as regras da game-music nos anos 90: ocidente ou oriente??

NESTE OVERKILL:

Afinal, música boa de games só começou a ser feita nos 16 bit ou tinha coisa bacana antes? Por que o Koji Kondo é o rei dos compositores orientais? Como se tornar um rockstar da gamemusic? Por que o ocidente tinha tão pouca expressão na game music dessa época? E assistam a mais um capítulo da série: “Games Bizarros que só o Seika conhece”!

COMENTADO NA LEITURA DE COMENTÁRIOS:

Table Indie, o game do chapa Cristiano Rossetti.

Desenho do chapa Marcos Melo Correa: É INDIE OU NÃO É?

COMENTADOS NO PODCAST:

Visite o canal do Thiago Adamo no Youtube: PXLDJ!

Twitter do Thiago Adamo: @thiagotd

Site: Game Music Brasil

PARTICIPE VOCÊ TAMBÉM:

Não deixe de comentar: qual sua trilha sonora favorita dos 16 bit, oriental e ocidental? Qual lado você acha que levou a melhor na época? Comente aqui no post ou mande um email para contato@overkill.com.br. Fale conosco pelo twitter @overkillpodcast, @erickseika ou @mattrlima. Ou ainda na página do Overkill no Facebook!

DURAÇÃO: 01:07:23

Deixe uma resposta